sexta-feira, maio 24, 2013

VOCE CONHECE O SEU VIRIATO ?







POR REINALDO AZEVEDO


Você conhece o Sr. Viriato? O Sr. Viriato é pobre, contribuiu 38 anos com o INSS. Senhor Viriato usa camisa e sapatos que os assassinos de sua filha não usariam. Sr. Viriato agora procura emprego aos 70 anos para compor a renda mensal que perdeu. Este é o Sr.Viriato com sua esposa.


São os pais da dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, devastados pela dor. Olhem as roupas(Foto de Nilton Fukuda, publicada no Estadão). É gente de remediada para pobre, que luta para sobreviver. Nenhum daqueles vagabundos que mataram Cinthya aceitaria usar os sapatos gastos de seu Viriato Gomes de Souza, que tem 70 anos e contribuiu 38 anos para a Previdência Social.


Nenhum daqueles vagabundos aceitaria sair à rua com uma camisa modesta como a de seu Viriato, que ele pagou com o seu trabalho.


Seu Viriato não tem Audi.
Seu Viriato não cheira cocaína, a exemplo do “menor” que matou a sua filha.



OS BACANAS QUEREM DESCRIMINAR A COCAÍNA. O deputado petista Paulo Teixeira (SP) quer que seja permitido aos brasileiros portar cocaína para até 10 dias de consumo sem que isso seja considerado crime. Os que redigiram a nova proposta de Código Penal acham que é muita coisa. Eles acham que tem de ser apenas para cinco dias. Seu Viriato e sua mulher terão agora de achar um jeito de sobreviver, enquanto pensadores pendurados nas tetas do Estado querem descriminar as drogas.


Seu Viriato tem uma filha deficiente. A irmã dentista era o esteio da casa. Agora ela está morta porque o menor, o que estava cheirado, ficou irritado com o fato de ela só ter R$ 30 na conta bancária. Ele precisava cheirar mais, ora essa!, e a dentista não tinha dinheiro suficiente para alimentar o seu gosto. Os bacanas acham que seu Viriato deve ajudar a pagar o tratamento do “doente” que matou a sua filha. Mas também acham que se deve descriminar o porte de cocaína para até 10 dias de consumo, cinco quem sabe…


Mesmo transtornado pela dor, seu Viriato deu uma entrevista ao Estadão desta segunda. Vai reproduzido um trecho. Volto em seguida.


"Qual a expectativa do senhor quanto à punição dos culpados?


Nos processos criminais tem aquele vai e vem, sugerem novas testemunhas para empurrar com a barriga (atrasar). Depois desfazem o depoimento; simplesmente chegam lá e dizem "eu quero novo testemunho" como no caso de Bruno e companhia limitada. Tem muitos recursos dentro da Lei. E a entrevista de Sr. Viriato continua...


O que gostaria que acontecesse com os acusados?


Espero que sejam punidos dentro do rigor da lei. Não chego com revolta, mas não vem dizer que ele (o assassino) está perdoado. E mesmo se eu disser, não espero que a justiça seja benevolente, mas que ele arque com sua responsabilidade. Não é um sentimento de vingança é de justiça. Se houver justiça, isso vai dificultar a prática de outros crimes. Caso tenha justiça frouxa, fraca, benevolente, isso reforçará mais a vontade de praticar o crime. Se for punitiva e justa, ela vai dar uma brecada (nos crimes), com certeza.


O que senhor acha que um adolescente ser apontado como participante do assassinato?


Não sei se é uma fuga da lei. Mediante a presença de um menor, geralmente jogam a responsabilidade nele. Ele aguarda em um sistema prisional diferenciado. Em contra-partida, pode voltar aos 16 anos. Atualmente a lei é participativa, nesse tipo de delinquência, porque não a trata como um crime até o culpado atingir a maioridade. O Legislativo tem de se sensibilizar e mudar a lei para não ser benevolente com quem pratica um crime. Os governantes eleitos ou não por nós conhecem estas duas palavras: Emenda Constitucional? Então, estão esperando o quê?



Voltei

Seu Viriato é um homem de bem.
Seu Viriato é um homem sensato.
Seu Viriato contribuiu 38 anos com o INSS.
Seu Viriato tem 70 anos.
Seu Viriato procura um emprego.
Seu Viriato tem uma filha deficiente.
Cinthya, a filha dentista de seu Viriato, cuidava da filha deficiente de seu Viriato.


Sabem o que a Maria do Rosário falou para seu Viriato? Nada!
Sabem o que o Gilberto Carvalho falou para seu Viriato? Nada!
Sabem o que José Eduardo Cardozo falou para seu Viriato? Nada!



Ou melhor: todos eles falaram. Eles falaram o seguinte para o seu Viriato: “Queremos o assassino de sua filha na rua daqui a, no máximo, três anos”.


PAZ & BEM !!!




4 comentários:

Lulu disse...

Infelizmente vai acabar em pizza. :/
Big Beijos
Lulu

Zeca disse...

DO!

Depois desse crime bárbaro, que chocou todos os homens e mulheres de bem deste país, quem não conhece ou não se vê na pele do Seu Viriato?! Agora... num país regido pela impunidade, esperar que membros do governo se choquem com horrores como esse é um pouco demais, não é?
Que mudem as leis! Que os menores sejam julgados conforme o tamanho do crime que cometeu! Afinal, se podem votar, casar, porque não podem ser responsabilizados pelos seus atos?
Sim! Eu conheço o Seu Viriato! E me vejo nele...

Abraço.

Zeca disse...

Pena que não dê para corrigir erros que nossa distração permite que sejam publicados!
Afinal, os menores não cometeu nenhum crime! Eles cometeram!

Desculpe aí... foi mal...

serginho disse...

matou,tem que morrer. Roubou,tem que cortar a mão. simples assim

Related Posts with Thumbnails