quarta-feira, maio 23, 2012

TUMBA DE RAMSES







Sempre admirei muito o sêr humano LUIS FELIPE SCOLARI,o FELIPÃO. Mas nunca fui muito fã da forma com que ele montava suas equipes.E isto vem desde os áureos tempos da década de 90,quando realizou grandes trabalhos ,obtendo grandes conquistas no Gremio e no Palmeiras.


Atualmente,depois de quase dois anos da sua volta ao Parque Antártica,fica a forte impressão de que falta algo em seu trabalho.Algo que pode muito bem ser uma atualização.


Não é possível que a desconfiança no seu atual grupo de jogadores seja tão real,que ele prefira administrar uma vitória magra por 1 a 0 contra um adversário modesto,como a Portuguesa no último sábado,do que tentar definir o jogo de uma vez.


Resultado: como em outros jogos,o castigo vem a cavalo e o adversário,sem ser incomodado,acaba dominando o jogo e obtendo o empate.


Se as coisas andam feias fora de campo no Palmeiras,dentro também não são muito diferentes.


TUMBA com ele !!!


PAZ & BEM !!!




4 comentários:

Norberto P. de Assis disse...

Meu caro Do,o problema do Palmeiras não é tecnico,muito menos financeiro. O clube tem dinheiro,apesar da ausencia do estadio e já teve os melhores tecnicos do país nos ultimos anos.Mas sem planejamento,nem capacidade administrataiva,o resultado é esta pequenez de mentes incompetentes ,geridas por um senhor que não tem o menor bom senso nas coisas do clube.O Felipão pode até estar errando em alguns aspectos,mas a maior parte da culpa,efetivamente,não é dele.Abraço

Engraçadinha disse...

Não sei, DO.
Vc sabe q não saco de futebol, mas ninguém gosta de ir num jogo pra ver o time do coração morrinhando quando sabe q ele poderia fazer muito melhor.
Tumba merecida.

FER disse...

Dozinho lindo,eu não manjo muito,mas eu gosto do Felipão.Nosso técnico do penta,kikiki.
Beijinhos estalados

Luma Rosa disse...

Não sei o que se passa no futebol brasileiro de uma maneira geral. Andam brigando muito e trabalhando/jogando de menos. Um ou outro é estrela, mas a carreira fica em segundo plano por conta do tal estrelismo. Felipão às vezes parece arrogante, mas é só impressão. Quem sabe demais pode errar na dose e sem querer passar um tom errado para o interlocutor. A relação técnico e jogador nunca foi fácil e quando envolve a administraçao dos clubes, ninguém consegue trabalhar com calma. Bom restinho de semana! Beijus,

Related Posts with Thumbnails